PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Dow Jones fecha em alta de 0,39%, apesar de temor com dívida pública nos EUA

15/08/2019 20h18

Nova York, 15 ago (EFE).- O índice Dow Jones Industrial recuperou nesta quinta-feira uma pequena parte da forte queda de ontem (de 3,05%, a pior em 2019) e fechou em alta de 0,39%, apesar da preocupação dos investidores com a queda dos títulos da dívida pública dos Estados Unidos.

O principal indicador da Bolsa de Nova York somou 99,97 pontos, para 25.579,39. Já o seletivo S&P 500 subiu 0,25%, para 2.847,60, e o índice composto da Nasdaq caiu 0,09% e fechou aos 7.766,62.

Pela manhã, havia predominado o pessimismo entre investidores e analistas com os últimos capítulos da guerra comercial entre EUA e China, após Pequim ameaçar responder às novas tarifas anunciadas pela Casa Branca de 10% sobre US$ 300 bilhões em alguns produtos chineses.

Entretanto, o tema que mais vem despertando calafrios nos investidores nos últimos dias é a queda na rentabilidade dos títulos do tesouro americano, depois do alerta gerado pela inversão da curva entre os treasuries de 2 e 10 anos na quarta-feira, o que foi encarado como um sinal de recessão por muitos analistas.

Hoje, no horário de fechamento da bolsa, o rendimento dos títulos de 2 anos era de 1,469%, e o dos de 10 anos, que costumam render mais, passou para 1,493%, dando uma pequena trégua nos temores. Já o dos papéis de 30 anos voltou a cair e estabelecer um recorde negativo: 1,948%.

No Dow Jones, as ações do Walmart dispararam 6,11% em reação à divulgação de resultados trimestrais melhores que o esperado. Os números positivos tiveram repercussão ainda maior entre os investidores devido a um relatório do governo segundo o qual o faturamento das varejistas aumentou 0,7% em julho, além de 2,8% no caso do varejo no comércio eletrônico, o que mostra confiança por parte do consumidor.

Também tiveram altas expressivas as ações de Boeing (2,37%), Visa (1,74%), Coca-Cola (1,66%), Travelers (1,47%), Procter & Gamble (1,38%) e Verizon (1,04%). As piores quedas foram dos papéis de Cisco (-8,61%), Walgreens (-2,22%), Nike (-1,88%), Dow (-1,59%) e Chevron (-1,67%).

Fora desse indicador, as ações da General Electric desabaram 11,30% após o analista que denunciou o esquema de pirâmide de Bernard Maddoff - que cumpre sentença de 150 anos de prisão pela maior fraude da história de Wall Street - afirmar que as contas apresentadas pela gigante americana são falsas e que ela está perto da falência.

Também hoje, a onça do ouro subia para US$ 1.534,20 no hprário de fechamento da bolsa. EFE