PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Barril do Texas fecha em alta de 0,7%

16/08/2019 16h53

Nova York, 16 ago (EFE).- O barril do Petróleo Intermediário do Texas (WTI) fechou em alta de 0,7% nesta sexta-feira, cotado a US$ 54,87, influenciado pelas valorizações ocorridas nos principais índices de Wall Street, mas a revisão das previsões da Opep sobre demanda impediu que o preço subisse ainda mais.

Ao final das operações da Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em setembro subiram US$ 0,40 em relação ao fechamento de ontem. Já no acumulado da semana, o preço do petróleo texano aumentou 0,7%.

A alta no preço do WTI ocorreu após duas quedas seguidas e que foram provocadas pelo temor de investidores com a guerra comercial entre Estados Unidos e China, com a queda nos rendimentos dos títulos da dívida pública americana e com uma possível recessão econômica em escala mundial.

Outro fator de influência na cotação foi a notícia de que as reservas de petróleo nos Estados Unidos aumentaram em 1,6 milhão de barris diários inesperadamente na semana passada - os analistas do mercado esperavam uma redução.

As altas registradas hoje em Wall Street contagiaram o mercado de petróleo, mas a valorização do WTI só não foi maior devido às últimas previsões da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) de que haverá uma menor demanda pela matéria-prima até o final de 2020.

Em seu relatório mensal, a entidade previu que o consumo mundial de petróleo crescerá em 1,1 milhão de barris diários, 40 mil a menos do que havia sido estimado há um mês.

Por sua vez, os contratos de futuros de gasolina com vencimento em setembro subiram dois centavos, para US$ 1,66 o galão, e os de gás natural com vencimento para o mesmo mês caíram 3 centavos e fecharam a US$ 2,2 por cada mil pés cúbicos. EFE