PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Dow Jones sobe 0,16% nesta sexta, mas fecha agosto com queda

30/08/2019 20h30

Nova York, 30 ago (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta sexta-feira em baixa de 0,16% e terminou um volátil mês de agosto - marcado pela queda no rendimento dos títulos da dívida pública americana e pela guerra comercial entre Estados Unidos e China - com queda acumulada de 0,31%.

O principal indicador da Bolsa de Nova York somou 269,04 pontos e chegou a 26.403,28. O seletivo S&P 500 subiu 0,06%, para 2.926,46, e o Nasdaq Composite caiu 0,13% e fechou aos 7.962,88 pontos. Os dois últimos também tiveram saldo negativo no mês, de 0,19% e 0,51%, respectivamente.

A disputa tarifária entre EUA e China, à qual os mercados são especialmente sensíveis, foi o tema principal do mês, devido aos anúncios mútuos de sobretaxas a produtos de um e de outro.

Ontem, porém, o Ministério do Comércio chinês disse que se opõe ao aumento das tensões comerciais, insinuando que o país asiático não adotará represálias contra a última rodada de tarifas por parte do governo americano, e hoje informou que os negociadores das duas partes estão tendo uma "comunicação efetiva".

Agosto despertou temores também sobre uma possível recessão após a inversão da curva de rendimentos dos treasuries, já que a rentabilidade dos títulos do tesouro americano de 2 anos tornou-se maior que a dos de 10 anos - o que indicaria um risco alto no curto prazo. Porém, depois, os patamares voltaram ao padrão, amenizando as preocupações.

No Dow Jones, as principais altas de hoje foram dos papéis de Walgreens (1,57%), Unitedhealth (1,47%), Intel (1,15%), Caterpillar (1,04%), 3M (0,85%) e Pfizer (0,62%). As quedas mais acentuadas foram das ações de Cisco (-1,03%), Nike (-0,78%) e Procter & Gamble (-0,78%).

No horário de fechamento da bolsa, a onça do ouro caía para US$ 1.532,20, e a rentabilidade dos treasuries de dez anos diminuía para 1,501%. EFE