PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Barril do Texas fecha em baixa de 1,5%

15/10/2019 18h12

Nova York, 15 out (EFE).- O barril do Petróleo Intermediário do Texas (WTI) fechou nesta terça-feira em queda de 1,5%, cotado a US$ 52,81, em meio às dúvidas dos investidores sobre o futuro do acordo comercial parcial entre EUA e China que havia sido anunciado pelo presidente americano, Donald Trump, na última sexta.

Ao final das operações da Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em novembro caíram US$ 1,11 em relação ao valor de fechamento de ontem.

A nova queda foi influenciada pela divulgação de dados econômicos ruins na China. O Escritório Nacional de Estatísticas chinês informou que os preços das fábricas no país asiático caíram no ritmo mais rápido em mais de três anos em setembro. Deve-se acrescentar ainda que os dados aduaneiros mostraram que as importações chinesas haviam diminuído pelo quinto mês consecutivo.

A tudo isso se soma a instabilidade no Oriente Médio. Ontem, Trump impôs sanções à Turquia e exigiu que os aliados da Otan interrompessem uma incursão militar no nordeste da Síria.

Já os contratos de futuros de gasolina com vencimento em novembro permaneceram em US$ 1,61 o galão, e os de gás natural com vencimento no mesmo mês subiram US$ 0,06, para US$ 2,33 por cada mil pés cúbicos. EFE