PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Estimulado por queda nos juros, S&P 500 bate recorde; Dow Jones sobe 0,43%

30/10/2019 18h52

Nova York, 30 out (EFE).- O índice S&P 500 subiu 0,33% nesta quarta-feira e estabeleceu seu segundo recorde na semana em um dia no qual Wall Street reagiu positivamente ao anúncio de uma nova redução dos juros básicos nos Estados Unidos por parte do Federal Reserve (Fed), o banco central do país.

A nova melhor marca do S&P 500 é de 3.046,77 pontos, que superou a registrada na última segunda-feira, de 3.039,42. Por sua vez, o Dow Jones Industrial, principal indicador da Bolsa de Nova York, subiu 0,43%, para 27.186 pontos, e o índice composto da Nasdaq avançou 0,33% e fechou aos 8.303,97.

Os investidores mostraram otimismo com a decisão do Fed de baixar os juros pela terceira vez consecutiva, mais uma vez em 0,25 ponto percentual, deixando a taxa básica no patamar de 1,5% a 1,75%.

O presidente do Federal Reserve (Fed), Jerome Powell, afirmou em entrevista coletiva que uma nova redução nos juros após a que foi realizada nesta quarta-feira exigirá uma "reavaliação substancial" das perspectivas do banco central americano. De acordo com ele, política monetária "está bem posicionada".

A redução dos juros foi anunciada no mesmo dia em que o Departamento do Comércio informou que a economia americana cresceu 1,9% no terceiro trimestre, menos que os dois anteriores (3,1% no primeiro e 2% no segundo). Entretanto, segundo alguns analistas, o resultado foi melhor que o previsto - era esperada uma alta de 1,4% a 1,6%.

Hoje, no Dow Jones, a maior alta foi das ações da Johnson & Johnson (2,88%), que informou ontem que seus testes com o mesmo talco para bebês no qual autoridades americanas encontraram amianto deram negativo para a substância.

Também subiram de forma expressiva os papéis de McDonald's (2,22%), Merck (1,32%), United Technologies (1,30%), Microsoft (1,25%) e Procter & Gamble (1,08%). As piores quedas foram dos títulos de Chevron (-1,50%) e Exxon Mobil (-1,05%).

Fora desse índice, as ações da General Electric dispararam 11,47% na Bolsa de Nova York após a companhia informar que reduziu seu prejuízo no terceiro trimestre em 59%, para US$ 9,465 bilhões, o que foi bem recebido pelos investidores.

No horário de fechamento da bolsa, a onça do ouro subia para US$ 1.497,70, e o rendimento dos treasuries com vencimento em 10 anos caía para 1,775%. EFE