PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Fed: Outro corte nos juros exigiria "reavaliação substancial" de previsões

30/10/2019 18h14

Washington, 30 out (EFE).- O presidente do Federal Reserve (Fed), Jerome Powell, afirmou que uma nova redução nos juros após a que foi realizada nesta quarta-feira exigirá uma "reavaliação substancial" das perspectivas do banco central americano.

"A política monetária está bem posicionada", declarou Powell em entrevista coletiva.

O Fed anunciou hoje o terceiro corte consecutivo nos juros, de um quarto de ponto percentual, deixando a taxa no patamar de 1,5% a 1,75% em meio a temores de uma desaceleração econômica global e nos Estados Unidos.

Powell ressaltou que as pressões inflacionárias ainda são fracas.

"Um percentual de 2% de inflação - isso é o que deve acontecer", comentou, além de dizer que espera que esse nível seja alcançado na metade de 2020.

Sobre as tensões comerciais com a China, Powell afirmou que são parte das questões que deixam o horizonte econômico cinzento.

"Uma diminuição sustentável na incerteza comercial seria boa para a confiança imediata das empresas e, ao longo do tempo, para a atividade empresarial", argumentou.

A guerra comercial desencadeada com a China aumentou a preocupação entre muitos empresários devido às sobretaxas que vêm sendo aplicadas pelos dois países mutuamente a produtos importados um pelo outro.

A próxima reunião do Fed está marcada para meados de dezembro. EFE