PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Economia de Hong Kong entra em recessão técnica pela primeira vez em 10 anos

31/10/2019 08h49

Hong Kong, 31 out (EFE).- Os meses de protestos e a guerra comercial entre Estados Unidos e China fizeram a economia da cidade de Hong Kong entrar em recessão técnica pela primeira vez em dez anos.

Segundo o governo de Hong Kong, a economia da cidade recuou 3,2% no terceiro trimestre, a segunda queda consecutiva depois da retração de 0,4% registrada entre os meses de abril e junho.

O quadro de recessão técnica ocorre quando a economia de uma região acumula dois semestres consecutivos de recessão, caso agora de Hong Kong, de acordo com o Departamento de Estatísticas da cidade.

Na comparação com o mesmo trimestre do ano passado, o Produto Interno Bruto (PIB) de Hong Kong caiu 2,9%, a maior queda já registrada pela cidade nos últimos dez anos.

Para a consultoria Capital Economics, os dados são piores que esperado, e a tendência é que o PIB da cidade registre um novo recuo no quarto trimestre.

"A principal causa foi a contração do consumo privado, que representa mais de 70% do PIB. Isso ocorreu pela intensificação dos protestos, que provocaram o fechamento de lojas, a paralisação do transporte publicou e afastou os turistas. A guerra comercial e uma demanda externa menor também pesaram na conta", disse a consultoria em nota enviada aos seus clientes.

Os protestos afetaram fortemente o setor de turismo. Segundo dados do governo local, 3,1 milhões de pessoas visitaram a cidade em setembro, uma queda de 34,2% em relação ao mesmo mês do ano passado. EFE