PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Wall Street abre semana de Ação de Graças com triplo recorde

25/11/2019 20h17

Nova York, 25 nov (EFE).- Wall Street abriu nesta segunda-feira uma semana de menos pregões devido ao feriado de Ação de Graças nos Estados Unidos (na próxima quinta) com recordes em seus três indicadores, devido a uma evolução positiva nas negociações comerciais entre o país e a China.

O Dow Jones Industrial, principal índice da Bolsa de Nova York, subiu 0,68%, para 28.066,47 pontos. O seletivo S&P 500 avançou 0,75%, para 3.133,64, e o Nasdaq Composite fechou em expressiva alta de 1,32%, aos 8.632,49 pontos, estimulando por valorizações nos títulos de Amazon (1,61%) e Apple (1,75%).

Os investidores reagiram favoravelmente a declarações feitas no sábado pelo assesor nacional de Segurança dos EUA, Robert O'Brien, sobre a possibilidade de que a primeira fase do acordo comercial com China seja concretizada ainda neste ano.

O mercado americano também se animou com a notícia, divulgada no domingo, de que a China multará empresas do país que cometam infrações contra a propriedade intelectual, como patentes ou direitos autorais, o que se aproxima das exigências dos EUA.

Esta semana será mais curta do que o habitual em Wall Street, já que na quinta é celebrado o feriado de Dia de Ação de Graças e na sexta os mercados fecharão três horas mais cedo.

No Dow Jones, as maiores altas hoje foram das ações de UnitedHealth (2,11%), Intel (2,08%), Dow (1,85%) e Caterpillar (1,77%). As piores quedas foram de Exxon Mobil (-0,66%), McDonald's (-0,65%) e Verizon (-0,62%).

Fora do principal índice, as ações do eBay subiram 2,08% após a companhia anunciar de manhã a venda da plataforma Stubhub à suíça Viagogo, e os papéis da joalheria Tiffany se valorizaram 6,08% após a divulgação de que foi comprada pelo conglomerado de luxo LVMH.

No horário de fechamento da bola, a onça do ouro caía para US$ 1.454,80, e o rendimento dos treasuries com vencimento em 10 anos diminuía para 1,757%. EFE