PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Dow Jones e S&P 500 caem em meio a incertezas sobre acordo comercial

18/12/2019 21h39

Nova York, 18 dez (EFE).- Dois dos principais índices de Wall Street fecharam nesta quarta-feira com leves baixas, com os investidores mostrando preocupação com a falta de novidades em relação aos detalhes da primeira fase do acordo entre Estados Unidos e China, assinada na última sexta, mas por outro lado o Nasdaq Composite teve uma alta discreta que o fez renovar o recorde batido ontem.

O Dow Jones Industrial fechou em baixa de 0,10%, aos 28.239,28 pontos, e o seletivo S&P 500 caiu 0,04%, para 3.191,14. Já o Nasdaq Composite subiu 0,05%, para 8.827,74 pontos, sua nova melhor marca positiva.

As preocupações dos investidores foram mais uma vez marcadas pelas incógnitas em torno do conteúdo da fase um do acordo comercial preliminar EUA-China. Analistas do mercado apontam que o overno chinês está relutante em esclarecer qual será seu real compromisso com a compra de produtos agrícolas americanos, uma das principais partes do acordo e que afetam, inclusive, o Brasil e outros exportadores que têm no país asiático um grande cliente.

Durante uma entrevista coletiva nesta quarta, o ministro das Relações Exteriores da China, Geng Shuang, se esquivou de perguntas relacionadas ao acordo.

"Não tenho novas notícias neste momento. Não há nada a atualizar", disse.

No Dow Jones, o maior destaque foi a alta dos títulos da Boeing (1,13%), a maior do dia, seguida pelas de Nike (0,92%), United Health (0,84%), Merck & Co Inc (0,67%) e Caterpillar (0,51%).

No horário de fechamento da bolsa, a onça do ouro caía para US$ 1.479,00, e o rendimento dos treasuries com vencimento em 10 anos se mantinha em 1,927%. EFE