PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Isuzu e Volvo acertam aliança para produção de caminhões pesados

18/12/2019 10h51

Tóquio, 18 dez (EFE).- A fabricante de veículos japonesa Isuzu Motors e a sueca Volvo Motors anunciaram nesta quarta-feira que chegaram a um acordo para formarem uma aliança estratégica focada em compartilhar tecnologia e combinar seus negócios de produção de caminhões pesados.

As duas empresas assinaram um memorando de entendimento não vinculante, com o objetivo, conforme explicado em um comunicado conjunto, de "formar uma aliança estratégica de veículos comerciais com o objetivo de aproveitar as oportunidades de transformação contínua da indústria".

O primeiro passo da aliança, segundo elas, será formar uma parceria tecnológica global e a criação de um negócio reforçado e combinado para caminhões pesados fabricados pela Isuzu e a UD Trucks, uma marca japonesa de propriedade da Volvo.

A iniciativa inclui a venda pela Volvo da plena propriedade da UD Trucks para Isuzu Motors. A ideia, de acordo com a nota, é acelerar o crescimento através de uma maior alavancagem de volumes e capacidades. Além disso, as fabricantes disseram que continuarão explorando as possibilidades existentes de complementaridade a nível geográfico e de produção.

A aliança reunirá também investimentos em novas tecnologias e criará melhores condições a longo prazo para o negócio dos caminhões nos mercados internacionais, assim como para veículos leves e utilitários.

O Presidente e CEO do Grupo Volvo, Martin Lundstedt, destacou que ambas as empresas já têm uma relação bem estabelecida na produção de caminhões e enalteceu o que considera ser um grande potencial do acordo para alargar a cooperação e aquecer as vendas.

O chefe da Isuzu, Masanori Katayama, por sua vez, disse que ambas as empresas acreditam firmemente nas oportunidades de negócios e no potencial de sinergias que resultarão da aliança. Ele ainda sublinhou que o pacto ajudará as duas fabricantes a "prepararem-se para a próxima revolução na logística".

A Volvo e a Isuzu planejam finalizar suas negociações nos próximos meses com o objetivo de assinar a aliança estratégica até meados de 2020. Com a cooperação com a companhia sueca, uma das maiores fabricantes mundiais de caminões e outros veículos pesados, a empresa sediada em Tóquio substituirá a parceria com a Toyota, encerrada no ano passado. EFE