PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Nissan anuncia saída de alto executivo após menos de 1 mês no cargo

25/12/2019 09h19

Tóquio, 25 dez (EFE).- O grupo automobilístico japonês Nissan anunciou nesta quarta-feira a saída de seu vice-presidente executivo de operações, Jun Seki, que havia assumido o cargo no início deste mês com a missão de estimular o processo de reestruturação da companhia.

No anúncio, a Nissan não revelou a data em que ele deixará o cargo ou as razões da saída.

"(A empresa) mantém um rumo estável para recuperar a confiança, restaurar o rendimento e trabalhar na transformação dos seus negócios, e já está obtendo progressos", disse a Nissan.

Seki assumiu em 1º de dezembro o cargo de vice-presidente executivo de operações, o terceiro cargo mais alto e responsável pela condução do processo de reestruturação da empresa sediada em Yokohama.

A montadora conta com novas direção e estrutura de governança desde a demissão do ex-presidente da aliança Nissan-Renault-Mitsubishi, o brasileiro Carlos Ghosn, acusado de irregularidades na declaração de seus vencimentos - o que ele contesta.

A imprensa japonesa especula que a saída de Seki se deva a diferenças com Makoto Uchida, novo CEO da Nissan Motor, na gestão da aliança com a Renault, cuja atual divisão de poder vive uma incerteza desde a queda de Ghosn.

Seki, que desenvolveu grande parte de sua carreira na Nissan, teria, além disso, recebido uma proposta para assumir um posto na direção da fabricante japonesa de motores elétricos Nidec, de acordo com jornais locais. EFE