PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Reino Unido estenderá programa de apoio às empresas e trabalhadores até junho

17/04/2020 18h59

Londres, 17 abr (EFE).- O governo do Reino Unido estenderá por mais um mês, até o fim de junho, o programa de apoio às empresas afetadas pela pandemia da Covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus, segundo informou nesta sexta-feira o ministro da Economia, Rishi Sunak.

O chamado "programa de retenção de emprego" será mantido, devido a prorrogação por pelo menos outras três semanas do confinamento obrigatório, anunciado pelo ministro das Relações Exteriores, que está chefiando o governo de maneira interina, enquanto o primeiro-ministro, Boris Johnson, se recupera da Covid-19.

Na iniciativa, o Executivo britânico se comprometeu a cobrir 80% dos salários dos trabalhadores considerados em risco por causa da pandemia, em valor que não pode exceder 2,5 mil libras (R$ 16,2 mil) mensais, caso a empresa não faça demissões.

Inicialmente, o programa estaria em vigor até o fim de maio, no entanto, será ampliado em mais 30 dias.

O ministro da Economia avaliou que as medidas adotadas são "sem precedentes" no amparo às empresas e aos trabalhadores, e que manter a população em confinamento e distanciamento social é a correta para o momento.

"É crucial para a vida dos cidadãos que a economia volte a caminhar quando seja seguro fazer isso", disse Sunak.

Hoje, o Reino Unido registrou mais 847 mortes em decorrência da Covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus, o que eleva o total para 14.576. A quantidade de novos casos subiu em 5.599, alcançando o total de 108.692.