PUBLICIDADE
IPCA
-0,38 Mai.2020
Topo

Argentina amplia prazo para fechar acordo de reestruturação de dívida

Bandeira da Argentina, país que tem Buenos Aires como capital - iStock
Bandeira da Argentina, país que tem Buenos Aires como capital Imagem: iStock

Rodrigo García

Da EFE, em Buenos Aires (Argentina)

22/05/2020 16h41

A Argentina decidiu prolongar por mais dez dias as negociações com fundos de investimento credores para chegar a um acordo que permita a reestruturação de US$ 66,238 bilhões de sua dívida externa em um momento chave para o país devido à recessão que vem se arrastando desde 2018 e à ameaça de um calote.

Em resolução divulgada pelo Ministério da Economia, o governo argentino anunciou que prorrogou o prazo que expiraria hoje para 2 de junho para continuar as conversas com os detentores de diversos títulos emitidos sob legislação estrangeira, "a menos que seja prorrogado por um período adicional ou finalizado antecipadamente".

Esta não é a primeira extensão de prazo adotada para se chegar a um acordo. Inicialmente, o governo do presidente Alberto Fernández, que chegou ao poder no final do ano passado, estabeleceu o dia 8 de maio como o prazo para os detentores dos títulos da dívida decidirem aderir à oferta de troca feita pela Argentina, mas o prazo foi prorrogado para 22 de maio devido ao pouco sucesso da proposta.

Com a nova medida, o governo alegou acreditar "firmemente" que um resultado satisfatório ajudará a estabilizar a atual condição econômica, aliviando as "restrições de médio e longo prazo da economia" decorrentes do atual ônus da dívida, com o objetivo de "colocar a trajetória econômica do país de volta no caminho do crescimento de longo prazo".

Economia