PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Santander investe em fintech brasileira de empréstimos para PMEs

02/06/2020 14h34

Sao Paulo, 2 jun (EFE).- A Santander InnoVentures, fundo de capital de risco do Grupo Santander, anunciou um aporte na 'a55', uma fintech brasileira que oferece crédito a pequenas e médias empresas usando as receitas como garantia tanto no Brasil, como no México.

A a55 já havia levantado US$ 3 milhões em capital de pequenos investidores brasileiros e internacionais e o fundo de capital de risco do banco está liderando essa nova rodada com um investimento total de mais de US$ 5 milhões, vindos de diversos investidores.

Fundada por André Wetter e Hugo Mathecowitsch em 2018, no Brasil, a a55 oferece soluções alternativas de crédito garantido pelas receitas recorrentes de empresas com o objetivo de se tornar a principal plataforma de financiamento de empresas de serviços de tecnologia da América Latina.

Para analisar e conceder financiamento às PMEs, a a55 usa uma plataforma tecnológica que conecta contas bancárias, soluções de custódia, faturamento, meios de pagamento e inteligência de crédito. A empresa conta hoje com 45 profissionais em Florianópolis, Santa Catarina, e na Cidade do México.

Desde 2018, a companhia fez 350 operações de crédito a 50 empresas, no valor total R$ 100 milhões investidos no Brasil e 150 milhões de pesos mexicanos (cerca de US$ 7 milhões) no México. A companhia espera duplicar essas cifras nos próximos 12 meses.

De acordo com Manuel Silva Martínez, sócio-diretor da Santander InnoVentures, a crise atual acelerará mudanças nos hábitos de consumo em direção a modelos digitais e de assinatura.

"Isto beneficiará em grande medida as empresas de SaaS (software como serviço), que necessitarão de provedores de serviços financeiros alternativos para financiar seu crescimento e seu sucesso. A a55 ocupa uma posição privilegiada para apoiar as empresas brasileiras e mexicanas com suas ofertas financeiras feitas sob medida e construídas por empreendedores para empreendedores."

Hugo Mathecowitsch, cofundador da a55, conta como foi o início da operação: "Começamos nossa trajetória em uma cozinha, com papel e caneta, tentando emprestar nosso próprio dinheiro para empresas sem ativos para servir como garantia. Dois anos depois, é uma grande honra nos associarmos com a Santander InnoVentures para acelerar o nosso crescimento na América Latina".

A Santander InnoVentures já investiu em mais de 30 fintechs desde seu lançamento, há seis anos, e este é seu quarto aporte na América Latina.