PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Com desistência da Argentina, americano é candidato único a presidir BID

11/09/2020 15h54

Washington, 11 set (EFE).- O americano Mauricio Claver-Carone se tornou o único candidato às eleições que serão realizadas neste fim de semana para escolher o próximo presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), informou a instituição nesta sexta-feira.

O anúncio vem após fontes oficiais argentinas anunciarem a decisão do governo de retirar a candidatura de Gustavo Béliz, que disputava o posto com Claver-Carone.

"A Assembleia de Governadores recebeu de Estados Unidos, El Salvador, Guiana, Haiti, Israel e Paraguai a candidatura de um só candidato: Mauricio J. Claver-Carone", comunicou o BID após o encerramento do período de inscrições nesta sexta-feira.

Claver-Carone, principal assessor para a América Latina do presidente americano, Donald Trump, poderá se tornar o primeiro presidente que não é de um país latino-americano na história da entidade.

Um grupo de países liderado pela Argentina havia pedido o adiamento das eleições, mas o pleito será realizado neste fim de semana, pela primeira vez virtualmente, devido à pandemia de Covid-19.

Isto confirma que o grupo não conseguiu apoio suficiente para adiar as eleições do substituto de Luis Alberto Moreno no comando do BID. Os sócios do BID que pediam o adiamento precisavam de mais de 25% do poder de voto para evitar o quórum na reunião que realizará as eleições.

Na terça-feira passada, o ministro das Relações Exteriores argentino, Felipe Solá, já havia reconhecido que Claver-Carone, de origem cubana, tinha apoio suficiente para ganhar as eleições.

A votação será realizada no sábado, mas a Assembleia de Governadores poderá se prolongar até o domingo caso o debate que ocorrerá antes demore.