PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

EUA voltam a autorizar voos do Boeing 737 MAX com passageiros

18/11/2020 17h29

Washington, 18 nov (EFE).- A Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos anunciou nesta quarta-feira que autorizou a Boeing a retomar os voos de passageiros com aeronaves do modelo 737 MAX, após uma proibição aplicada em 2019 devido a dois acidentes que deixaram um total de 346 mortos na Indonésia e na Etiópia.

"O projeto e a certificação desta aeronave incluiu um nível sem precedentes de colaboração e revisões independentes pelas autoridades de aviação em todo o mundo", disse a agência americana em comunicado.

O aval da agência permite que a Boeing comercialize novamente o 737 MAX para companhias aéreas em todo o mundo para voos de passageiros.

"Estes reguladores indicaram que as mudanças no projeto da Boeing, assim como as modificações nos procedimentos e treinamento da tripulação, darão a confiança para aprovar a aeronave como segura para voar em seus respectivos países e regiões", afirmou a entidade.

A investigação constatou que, devido a uma falha técnica, os sistemas de segurança projetados para evitar que o avião subisse muito rapidamente tinham se comportado de forma inadequada, provocando descidas precipitadas que não puderam ser controladas pelos pilotos e que levaram a acidentes fatais.

Esta crise custou à Boeing quase US$ 20 bilhões, incluindo a indenização a ser paga às vítimas e às companhias aéreas.

"Nunca esqueceremos as vidas perdidas nos dois trágicos acidentes que levaram à decisão de suspender as operações. Esses eventos e as lições que aprendemos como resultado remodelaram nossa empresa e focaram ainda mais a atenção em nossos valores centrais de segurança, qualidade e integridade", disse o diretor executivo da Boeing, David Calhoun, em comunicado à imprensa. EFE

afs/vnm