PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Opep decide aumentar produção de petróleo de forma gradual e moderada

03/12/2020 19h21

Nursultan, 3 dez (EFE).- A Organização dos Países Exportadores de Petróleo e o grupo de países parceiros, que formam a aliança Opep+ decidiram nesta quinta-feira aumentar, de forma gradual e moderada, o nível de produção a partir de 1º de janeiro.

De acordo com informação divulgada pelo Ministério de Energia do Cazaquistão, a alta ficará limitada a 500 mil barris diários por mês, em decisão que será revisada a cada quatro semanas.

Segundo a pasta, o corte conjunto do grupo, que será de 7,7 milhões de barris diários (mbd), até 31 de dezembro deste ano; a partir de janeiro passará a ser de 7,2 mbd.

Os ministros de Energia e pastas afins dos países integrantes da Opep e outros dez aliados se reuniram por meio de videoconferência dois dias depois do previsto, depois de um primeiro encontro que foi adiado, para debater a redução da produção.

"Os países que participam da aliança entraram em acordo para realizar reuniões mensais, a partir de janeiro de 2021, para revisar o estado atual do mercado petrolífero e ajudar o nível adicionar das restrições", diz nota do Ministério de Relações Exteriores cazaque.

A decisão sobre o corte, tomada após quatro dias de intensas negociações de bastidores, opôs os que defendiam a manutenção do patamar de corte atual para o próximo trimestre, e os que defendiam que o corte passasse a ser de 1,9 mbd, conforme havia sido definido em abril deste ano.

Na época, a Opep+ deu luz verde para uma redução gigantesca no bombeamento, diante do colapso da demanda e dos preços provocados pela pandemia da Covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus.