PUBLICIDADE
IPCA
+0,25 Jan.2021
Topo

Pololikashvili é reeleito como secretário-geral da OMT

19/01/2021 22h10

Madri, 19 jan (EFE).- O atual secretário-geral da Organização Mundial do Turismo (OMT), Zurab Pololikashvili, foi reeleito nesta terça-feira para um segundo mandato no comando da agência das Nações Unidas, com sede em Madri, durante o período de 2022 a 2025.

A candidatura do diplomata georgiano, que passou a chefiar a OMT em 2018, superou a da presidente da Autoridade de Cultura e Antiguidades do Bahrein, Mai Al Khalifa, que poderia ser a primeira mulher a comandar a organização.

O 113º Conselho Executivo da OMT, realizado nesta teçra-feira, em Madri, optou pela continuidade de Pololikashvili com 25 votos a favor e oito contra.

O atual mandato de Pololikashvili termina em 31 de dezembro de 2021 e, conforme o estatuto da OMT, cabe à 24ª reunião da Assembleia Geral, que ocorrerá neste ano no Marrocos, designar o secretário-geral para o período de 2022 a 2025, após a recomendação do conselho.

A OMT destacou no Twitter que, com essa decisão, os membros do Consleho Executivo apoiarama visão de Pololikashvili de retomar e repensar o turismo após a pandemia de covid-19, que gerou uma crise no setor.

"Minha visão para reinventar o turismo se baseia em manter uma coordenação firme entre todos os atores do setor, que garanta que a gente construa o futuro de maneira sustentável, responsável e resiliente, fomentando novos modelos inovadores em todo o mundo para a criação de milhões de novos empregos", comentou em entrevista recente à Agência Efe.

Ele acrescentou que a retomada do turismo deve ser uma prioridade para os destinos e governos de todo o mundo.

"Existe demanda para voltar a viajar, mas agora todos os atores dos setores público e privado precisam trabalhar em conjunto para gerar confiança".