PUBLICIDADE
IPCA
+0,25 Jan.2021
Topo

Portugal suspende voos com Brasil até 14 de fevereiro

28/01/2021 01h11

Lisboa, 27 jan (EFE).- O governo de Portugal anunciou nesta quarta-feira a suspensão dos voos com o Brasil, medida que entrará em vigor a partir de sexta e vai durar pelo menos até 14 de fevereiro, devido à situação da pandemia e as novas variantes detectadas.

"Até 14 de fevereiro estão suspensos todos os voos, comerciais ou privados, de todas as companhias aéreas, de entrada e de saída para o Brasil", informou o gabinete do ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita.

O gabinete informou que as mesmas regras valem para os voos com o Brasil e também para o Reino Unido, suspensos desde o último sábado.

Nestes dois casos, apenas os voos humanitários para repatriar cidadãos portugueses e suas famílias estão autorizados, bem como residentes em Portugal.

Estes cidadãos são obrigados a apresentar um PCR negativo realizado nas 72 horas anteriores ao embarque e a manter 14 dias de quarentena à chegada a Portugal.

Nos voos humanitários, podem também embarcar cidadãos nacionais ou residentes na União Europeia ou países associados ao Espaço Schengen, bem como os seus familiares, exclusivamente para repatriamento, informou o gabinete do ministro.

Devem ainda apresentar PCR negativo antes do embarque e, à chegada a Portugal, fazer escala obrigatória no aeroporto designado.

Portugal vive uma terceira onda crítica que o coloca como líder mundial em infecções e mortes por milhão de habitantes e que mantém os seus hospitais no limite.

As autoridades atribuem parcialmente esse grande avanço da pandemia à variante britânica, que na semana passada já tinha uma prevalência de 20%.

Pelo menos um caso da variante sul-africana também foi detectado no país.

Vários países, como o Reino Unido ou Angola, anunciaram este mês a suspensão dos voos com Portugal devido às fortes relações com o Brasil e por suspeita da nova variante do coronavírus detectada no país. EFE

pfm/phg