PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

FMI eleva projeção de crescimento da América Latina em 2021 para 4,6%

06/04/2021 15h50

Washington, 6 abr (EFE).- O Fundo Monetário Internacional (FMI) elevou as previsões de crescimento econômico da América Latina em 2021 para 4,6 %, meio ponto percentual acima da estimativa divulgada em janeiro, especialmente, graças ao aumento das exportações na região após o aumento da produção industrial mundial.

"Depois de uma forte queda em 2020, se espera uma recuperação leve e de várias velocidades na América Latina e no Caribe neste ano", indica o FMI, no relatório "Perspectivas Econômicas Globais", que foi divulgado nesta terça-feira.

Em 2020, a retração na região foi de 7%, segundo cálculos do DMI, que previa novos números negativos, em 7,4% neste ano.

Na análise que fizeram, os especialistas do Fundo explicaram que o desenvolvimento para este ano se deve, em grande parte, ao crescimento dos países exportadores da América Latina, como Brasil, Argentina e Peru, impactados pela alta na produção mundial na segunda metade de 2020.

Especificamente para o Brasil, a previsão do FMI é de um crescimento econômico em 2021 de 5%, aponta o relatório.