PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Uruguai planeja "passaporte de saúde" para receber turistas

27/05/2021 01h23

Montevidéu, 26 mai (EFE).- O governo do Uruguai está pensando na implementação de um "passaporte de saúde" que permita a entrada no país de turistas vacinados e que atendam a certos requisitos.

A ideia foi revelada nesta quarta-feira pelo assessor presidencial Nicolás Martinelli, conselheiro do presidente Luis Lacalle Pou.

Segundo Martinelli, as pessoas deverão ter tomado as duas doses da vacina contra a Covid-19, chegar pelo menos 15 dias após receberem a segunda inoculação e apresentar um teste PCR negativo. Ele escreveu no Twitter que, dessa forma, elas poderão realizar qualquer atividade.

"As atividades serão divididas em: muito alto risco, alto risco, risco moderado e baixo risco. Essa categorização será automática e através de uma tabela de ponderação que definirá um status de saúde para aquela atividade em particular", escreveu o assessor, que acrescentou que os turistas terão um "status sanitário" e serão divididas em diferentes grupos.

Há alguns dias, Lacalle Pou anunciou que o governo está trabalhando na criação de um plano piloto que procura permitir que os uruguaios vacinados ou residentes entrem em diferentes espetáculos e que aqueles que não estão imunizados possam fazer um teste rápido para participar.

Até agora, o Uruguai está fechado para turistas estrangeiros. O verão foi fortemente afetado pela medida, já que a sua força turística se baseia em visitantes de países vizinhos, como Brasil e Argentina.