PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Restrições em NY serão suspensas quando 70% dos adultos receberem 1 dose

07/06/2021 21h49

Nova York, 7 jun (EFE).- O estado de Nova York anunciou nesta segunda-feira que praticamente todas as restrições para o combate à covid-19 que permanecem em vigor serão suspensas assim que 70% da população adulta receberem pelo menos uma dose da vacina.

Posteriormente, as normas sobre questões como capacidade, desinfecção de superfícies, ventilação e rastreamento de contato serão voluntárias para a maioria das empresas, incluindo lojas, restaurantes, escritórios, academias e cabeleireiros.

Enquanto isso, as restrições continuarão em alguns locais como escolas, transporte público, prisões, asilos, abrigos para desabrigados ou grandes recintos, conforme explicou em entrevista coletiva o governador Andrew Cuomo.

"Quando chegarmos aos 70%, voltaremos a uma vida normal ou tão normal quanto possível ser no pós-covid", disse Cuomo, que defendeu sua decisão devido à queda no número de infecções e a clara eficácia das vacinas.

No momento, 68,6% dos adultos em Nova York receberam pelo menos uma dose, então o levantamento das restrições pode vir em um curto prazo.

As empresas, em qualquer caso, serão livres para continuar a exigir medidas como o uso de máscaras, uma precaução que as autoridades nova-iorquinas continuam recomendando em locais fechados onde não há certeza de que todas as pessoas estão vacinadas.

O estado já pôs fim a uma parte muito importante das medidas contra a covid-19 que as empresas impuseram em meados de maio e, na semana passada, deu mais um passo ao acabar com as restrições de horário do setor hoteleiro.

Por enquanto, os indicadores da doença continuam avançando em uma direção adequada e a taxa de positivos está nos níveis mínimos desde o início da pandemia.

Cuomo também anunciou hoje que as escolas podem decidir parar de obrigar os alunos a usarem máscara quando estiverem ao ar livre, embora sua utilização deva continuar dentro da sala de aula pelo menos até ao final do ano letivo em curso.