PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Presidente do México fala em acordo próximo com EUA sobre setor automotivo

02/09/2021 14h47

Cidade do México, 2 set (EFE).- O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, garantiu nesta quinta-feira que, em pouco tempo, será concluído um acordo com os Estados Unidos sobre as regras de origem do setor automotivo.

A declaração foi dada em meio a uma disputa gerada dentro do novo tratado de livre comércio entre os dois países e o Canadá, conhecido como T-MEC.

"Não queremos chegar a um painel internacional. São saídas que existem como opção, quando há controvérsias no tratado. Não acredito que seja preciso chegar até lá. Logo vai ser alcançado um acordo", disse López Obrador, em entrevista coletiva.

O governo do México considera que os Estados Unidos descumprem "certos requisitos impostos aos produtores de veículos automotivos que são incompatíveis com o texto do T-MEC".

Posteriormente, o Canadá se juntou à queixa de que os EUA não cumprem que os veículos de passageiros e caminhões de pequeno porte devam ter 75% dos componentes produzidos na região para serem comercializados sem taxação.

"Já se está vendo, primeiro foi o México e depois o Canadá, mas está sendo buscado um acordo", disse López Obrador.

Segundo o presidente mexicano, o diálogo está sendo estabelecido pelas pastas de Economia e Relações Exteriores dos três países.

O México fez um pedido de consultas, que é uma etapa não contenciosa prevista no mecanismo de solução de controvérsias do T-MEC, que está em vigor desde julho do ano passado.

Caso em 75 dias, os governos não entrem em acordo, podem convocar um painel para que os problemas sejam resolvidos.

Desde a entrada em vigor do T-MEC, os Estados Unidos apresentaram, pelo menos, duas queixas trabalhistas contra o México, por descumprimento da liberdade sindical dentro das empresas, que está dentro dos parâmetros do tratado. EFE

er/bg

(foto)

PUBLICIDADE