PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

EUA e México retomam mecanismo de diálogo econômico de alto nível

10/09/2021 00h00

Washington, 9 set (EFE).- Estados Unidos e México retomaram nesta quinta-feira o Diálogo Econômico de Alto Nível (DEAN), realizado pela primeira vez desde 2016 e que busca fortalecer a cooperação econômica e comercial entre ambos os países, além dos investimentos na América Central para desincentivar a imigração irregular.

"Este diálogo econômico de alto nível é uma oportunidade para aprofundar os nossos laços e avançar rumo aos nossos objetivos coletivos", declarou a vice-presidente dos EUA, Kamala Harris, na sessão de abertura do diálogo, que ocorre na sede da vice-presidência americana.

Harris considerou este encontro o resultado da sua visita ao México em junho e das "longas conversas" com o presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador. Recordou também que desde 2016 tem havido "muitos desafios", mas também oportunidades.

Desde então, observou Harris, a pandemia "tem minado a estabilidade da economia global, as cadeias de abastecimento têm sido afetadas, e as ameaças, desde as mudanças climáticas a ataques cibernéticos, têm ameaçado a segurança".

Ela revelou esperar que, após este diálogo, os países "continuem a trabalhar em conjunto", dando "um exemplo do que é possível no hemisfério ocidental".

Também representaram os EUA o Secretário de Estado, Antony Blinken; o secretário de Segurança Nacional, Alejandro Mayorkas; a secretária de Comércio, Gina Raimondo; e a representante de Comércio Exterior, Katherine Tai; assim como o novo embaixador no México, Ken Salazar, entre outros.

O México foi representado pelo secretário das Relações Exteriores, Marcelo Ebrard; a secretária da Economia, Tatiana Clouthier, e o subsecretário de Finanças e Crédito Público, Gabriel Yorio.

As conversas do DEAN focarão em quatro pilares: reconstrução em conjunto; promoção do desenvolvimento econômico, social e sustentável no sul do México e na América Central; assegurar os instrumentos para a prosperidade futura; e investir no povo, anteciparam as partes.

O DEAN foi criado em 2013, durante os mandatos dos então presidentes Barack Obama (2009-2017), dos EUA, e Enrique Peña Nieto (2012-2018), do México.

PUBLICIDADE