PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

Duque viaja ao Brasil com agenda voltada para reativação da economia

17/10/2021 19h30

Bogotá, 17 out (EFE).- O presidente da Colômbia, Iván Duque, viaja ao Brasil neste domingo em visita oficial com uma agenda política e econômica voltada para a reativação do comércio, do investimento estrangeiro e do turismo após a pandemia da covid-19.

O mandatário colombiano, que estará no Brasil amanhã e terça-feira, também abordará outros temas como a produção de vacinas contra o coronavírus, a proteção da Amazônia, o combate aos efeitos das mudanças climáticas, a atenção aos migrantes, defesa da democracia na região e segurança das fronteiras, informou a Presidência.

REUNIÃO COM BOLSONARO

Duque iniciará sua visita por São Paulo, onde amanhã realizará a parte de negócios de sua agenda, e na terça se encontrará em Brasília com o presidente Jair Bolsonaro, que o receberá no Palácio do Planalto.

Os dois farão uma revisão da situação da relação bilateral e irão assinar sete instrumentos de cooperação que buscam reativar as economias das duas nações atingidas pela pandemia.

Os acordos e instrumentos bilaterais dizem respeito à cooperação policial, promoção de exportações e investimentos, água e saneamento básico, formação técnica, agricultura, pesquisa e serviços aéreos.

Entre eles, destaca-se o Acordo entre a Polícia Nacional da Colômbia e a Polícia Federal para o combate ao tráfico de drogas, substâncias psicotrópicas e crimes relacionados.

Duque também se reunirá na terça-feira com os presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco, e da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, a quem explicará a implementação do acordo de paz da Colômbia, entre outros assuntos de sua política.

Ele também terá encontro com a secretária-geral da Organização do Tratado de Cooperação Amazônica (OTCA), María Alexandra Moreira.

ECONOMIA EM SÃO PAULO

Em São Paulo, onde começará sua visita amanhã, Duque terá encontros com executivos de empresas de inovação e tecnologia, alimentos, logística, bancos, saúde e companhias aéreas interessadas em abrir rotas mais diretas para destinos colombianos.

Com esses contatos, ele espera ampliar os mercados para os produtos colombianos, facilitar os investimentos brasileiros na Colômbia, promover o turismo e dar mais espaço para projetos conjuntos de ciência, tecnologia e inovação.

Além disso, também busca finalizar acordos de cooperação na produção de vacinas, fortalecer a produção de biocombustíveis, hidrogênio verde e energias renováveis e apoiar a construção de um centro de manufatura avançado 4.0, no marco da quarta revolução industrial.

MIGRAÇÃO VENEZUELANA

A Colômbia também tem como questões estratégicas a atenção aos migrantes venezuelanos, já que ambos os países têm fronteira com a Venezuela; a defesa da democracia na região e a segurança das fronteiras. EFE

PUBLICIDADE