PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

Superávit comercial da Argentina cresceu 139% em relação a outubro de 2020

23/11/2021 23h54

Buenos Aires, 23 nov (EFE).- A Argentina registrou em outubro um superávit comercial de US$ 1,601 bilhões, o que representa um salto de 139% em relação ao que foi obtido no mesmo mês em 2020, informaram fontes oficiais nesta terça-feira.

Segundo o Instituto Nacional de Estatística e Censos (Indec), o volume do intercâmbio comercial (exportações mais importações) aumentou 39,4% em outubro após 12 meses, a um valor de US$ 12,095 bilhões.

Com base em dados oficiais, em outubro a Argentina exportou US$ 6,848 bilhões, 46,5% a mais do que no mesmo mês de 2020. Entretanto, as importações totalizaram US$ 5,247 bilhões, representando um aumento de 31% em relação ao ano anterior.

Segundo o relatório oficial, nos primeiros dez meses do ano a Argentina acumulou um superávit comercial de US$ 13,94 bilhões, comparado com um saldo positivo de US$ 12,506 bilhões no mesmo período de 2020.

Entre janeiro e outubro, as exportações da Argentina ascenderam a US$ 65,141 bilhões, um aumento anual de 39,1%, e as suas importações a US$ 51,201 bilhões, subindo 49,1%.

A Argentina tinha registrado um superávit comercial de US$ 12,528 bilhões no ano passado, uma redução de 21,6% em comparação com o saldo positivo alcançado em 2019.

De acordo com o projeto de orçamento de 2022 apresentado em setembro passado ao Parlamento pelo governo do presidente Alberto Fernández, a Argentina alcançará um superávit comercial de US$ 12,878 bilhões em 2021, com US$ 81,067 bilhões em exportações e US$ 68,189 bilhões em importações.

Entretanto, a projeção orçamentária para 2022 é de um superávit de US$ 9,323 bilhões, com US$ 85,887 bilhões em exportações e US$ 76,565 bilhões em importações. EFE

PUBLICIDADE