PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Fed acelera ritmo de retirada de estímulo para combater inflação

16/12/2021 00h58

Washington, 15 dez (EFE).- O Federal Reserve (Fed), banco central dos Estados Unidos, anunciou nesta quarta-feira que aumentou de US$ 15 bilhões para US$ 30 bilhões o valor de redução de seu programa de compra de títulos públicos em dezembro e para US$ 60 bilhões a partir de janeiro, acelerando a retirada do estímulo monetário e abrindo a porta para uma possível elevação dos juros no primeiro semestre de 2022.

Em comunicado ao final de uma reunião de dois dias, o banco central americano manteve os juros básicos na faixa entre 0% e 0,25%, apesar de a inflação ter sido de 6,8% no período de 12 meses até novembro, o patamar mais alto em quase 40 anos no país.

Com esta decisão, o volume de compras mensais de títulos, que durante a maior parte da pandemia de covid-19 foi de US$ 120 bilhões, foi agora reduzido para US$ 75 bilhões.

Além disso, o Fed baixou sua previsão de crescimento econômico para os EUA para 5,5% em 2021, quatro décimos de ponto percentual abaixo da estimativa feita em setembro, e aumentou sua previsão de inflação de 4,2% para 5,3%.

Para 2022, entretanto, o banco central previu uma inflação menor, de 2,6%, quatro décimos a menos do que o estimado em setembro. A instituição também acredita que o crescimento econômico nos EUA será de 4%, dois décimos a mais do que o esperado há três meses. EFE

PUBLICIDADE