PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

México aceitará desembarque de cruzeiros com casos de covid-19

29/12/2021 01h38

Cidade do México, 28 dez (EFE).- O governo mexicano anunciou nesta terça-feira que permitirá o desembarque de cruzeiros com passageiros com covid-19, em meio a crescentes restrições em outros países e à oposição de governos locais.

O governo prometeu atender os viajantes infectados e cumprir as regulamentações sanitárias internacionais da Organização Mundial da Saúde (OMS), de acordo com uma declaração conjunta do Ministério da Saúde e do Ministério do Turismo.

"No caso de as pessoas que viajam nos navios de cruzeiro apresentarem sintomas de covid-19 ou testarem positivo, será prestado o atendimento médico necessário", informaram.

O anúncio vem após autoridades sanitárias do estado de Jalisco terem negado o desembarque de dois navios de cruzeiro em Puerto Vallarta nas últimas duas semanas, pois o primeiro tinha 30 casos confirmados de covid-19 e os outros, 21.

Além disso, foi verificado nesta terça-feira que, em meio à propagação da variante ômicron, os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA investiga o surto de covid-19 nos últimos sete dias em 68 cruzeiros. As autoridades porto-riquenhas também impuseram uma série de restrições nesta terça-feira.

Apesar do risco, o governo mexicano afirmou que "as pessoas que não apresentam sintomas poderão realizar as suas atividades turísticas com medidas básicas de prevenção: utilização correta de máscaras, lavagem frequente das mãos com água e sabão".

"As pessoas assintomáticas ou com sintomas leves serão mantidas em quarentena preventiva, e aquelas com sintomas graves serão tratadas nos hospitais das cidades onde se encontram", disseram os ministérios.

A abertura do México ao turismo surge à medida que o país totaliza mais de 3,9 milhões de casos e se aproxima de 300 mil mortes por covid-19, o quarto maior número do mundo. EFE

PUBLICIDADE