PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Biden critica Putin por morte de jornalistas na Ucrânia

03/05/2022 19h26

Washington, 3 mai (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, criticou nesta terça-feira o presidente da Rússia, Vladimir Putin, devido à morte de 11 jornalistas na guerra na Ucrânia e por tentar "silenciar" aqueles que querem dizer a verdade sobre o conflito.

Em um pronunciamento por ocasião do Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, Biden lamentou as mortes e os ferimentos sofridos por jornalistas desde que a invasão russa à Ucrânia começou.

Ele criticou a pressão do Kremlin por uma lei de "desinformação" destinada a silenciar a mídia, que se baseia na repressão e censura ou na ameaça de punição e tem levado muitos veículos de comunicação a deixarem a Rússia.

"Este é o preço que os profissionais da mídia e suas famílias estão pagando por nos contar sobre a guerra injusta e brutal de Putin na Ucrânia", disse o presidente americano.

A imprensa livre "não é o inimigo do povo", acrescentou Biden.

"Pelo contrário, quando procura iluminar e educar e não inflamar e entreter, a imprensa livre é a guardiã da verdade", ressaltou.

Ele prometeu também novas iniciativas, desde programas para proteger os jornalistas de acusações falsas até fundos para estender o apoio aos repórteres em situação de risco. EFE