Bolsas

Câmbio

Produção industrial em SP sobe 0,9% em março ante março de 2016, afirma IBGE

A produção industrial cresceu em oito locais pesquisados em março, em relação ao mesmo mês do ano passado, segundo os dados da Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Regional, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira, 9. No maior parque industrial do País, São Paulo, houve elevação de 0,9%.

Os avanços mais intensos ocorreram em Goiás (8,0%) e Rio Grande do Sul (7,4%), impulsionados, principalmente, pelo crescimento dos setores de produtos alimentícios (carnes de bovinos, leite e derivados de soja) na indústria goiana; e de bebidas (vinhos de uvas) e máquinas e equipamentos (tratores agrícolas e máquinas para colheita) no parque industrial gaúcho.

Os demais resultados positivos foram verificados no Rio de Janeiro (6,1%), Santa Catarina (5,9%), Paraná (4,9%), Espírito Santo (2,4%) e Minas Gerais (2,4%).

Na direção oposta, Amazonas (-7,3%) teve o recuo mais acentuado em março de 2017, pressionado pelos setores de bebidas (preparações em pó para elaboração de bebidas) e coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (óleo diesel, naftas para petroquímica e gasolina automotiva). Também houve retração na Bahia (-4,3%), Ceará (-3,8%), Pará (-2,6%), Região Nordeste (-2,5%), Pernambuco (-0,8%) e Mato Grosso (-0,3%).

Na média nacional, a indústria avançou 1,1% em março ante março de 2016. O IBGE lembra que março de 2017 teve um dia útil a mais do que o mesmo mês do ano anterior, o que ajudou no desempenho industrial no período.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos