Bolsas

Câmbio

Marcelo Caetano: não trabalhamos com hipótese de aumento de tributação

Altamiro Silva Junior e Francisco Carlos de Assis

São Paulo

O secretário da Previdência do Ministério da Fazenda, Marcelo Caetano, disse a jornalistas que o governo não trabalha com a hipótese de aumentar impostos para compensar a perda de economia que o governo teve com a reforma da Previdência após as concessões.

O secretário reafirmou que não há um plano B no caso de o texto não ser aprovado na Congresso e que o importante para o governo é aprovar as medidas conforme passaram na comissão especial da Câmara, sem nova flexibilização nas medidas.

Com as concessões que o governo teve que fazer para passar o texto pela comissão especial, Caetano disse que houve uma redução de 25% na economia fiscal da reforma na comparação com a proposta original.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos