PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Kaplan, do Fed, diz que inflação fraca não compromete perspectiva dos juros

Nova York

31/05/2017 11h02

O presidente da distrital do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) em Dallas, Robert Kaplan, disse hoje que não espera que a recente fraqueza da inflação dos EUA persista e reafirmou a expectativa de que a instituição continuará elevando juros de forma gradual e constante.

Embora os últimos dados de inflação tenham sido fracos e irregulares, "não acho que tenhamos uma tendência de deterioração" na dinâmica de preços dos EUA, afirmou Kaplan durante evento em Nova York.

Kaplan, que vota nas reuniões de política monetária do Fed este ano, disse que o aparente revés dos últimos meses em esforços para trazer a inflação de volta para 2% é parcialmente ligada a motivos "idiossincráticos".

Para Kaplan, os últimos números sugerem que a inflação está "meio que voltando à tendência" e avançará "lentamente, mas gradualmente" para a meta oficial do Fed.

Kaplan falou antes da próxima reunião do Fed, marcada para 13 e 14 de junho, quando espera-se que a instituição volte a elevar os juros básicos, hoje na faixa de 0,75% a 1%.

Segundo Kaplan, a trajetória da inflação não mudou a perspectiva para os juros, que deverão subir em mais duas ocasiões este ano. O primeiro aumento de 2017 foi anunciado em março.

Kaplan também comentou a importância do dólar para a política do Fed e que a instituição precisa agir de olho no "impacto internacional".

Ele disse ainda que o Fed deverá começar a reduzir seu gigantesco balanço patrimonial mais no fim do ano. Fonte: Dow Jones Newswires.