Bolsas

Câmbio

Rabello de Castro: País precisa de mais avaliações prospectivas

Idiana Tomazelli, Mariana Sallowicz e Vinicius Neder

Rio

O novo presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Paulo Rabello de Castro, afirmou nesta quinta-feira, 1, que o País precisa de mais avaliações prospectivas. O quadro é de estabilização financeira, disse Rabello de Castro em seu discurso de posse.

"Em vez de nos brindar com reavaliações negativas, deveríamos ter avaliações prospectivas do que o Brasil pode apresentar como resultado da estabilização financeira em curso", disse Rabello de Castro, à plateia no auditório do BNDES, no Rio.

Rabello de Castro deu tom otimista ao discurso. Apontando para a mesa formada por, entre outros, os ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, e do Planejamento, Dyogo Oliveira, Rabello de Castro disse que ali estavam brasileiros que cumprem seus deveres, "para mostrar que vamos virar o jogo".

"Tem sempre a turma para atrapalhar, mas a turma para atrapalhar não é nova", disse Rabello de Castro.

De saída da presidência do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Rabello de Castro aproveitou para reforçar a independência do órgão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos