Daqui a 20 anos o BNDES tem que se preparar para ser coadjuvante, diz Rabello

São Paulo

O presidente do BNDES, Paulo Rabello de Castro, disse nesta segunda-feira que irá apresentar um "livro das operações controvertidas" do banco de fomento dentro de 45 dias. O documento seria liberado com o intuito de que a sociedade brasileira tenha ampla informação sobre as liberações de crédito para empresas envolvidas em esquemas de corrupção investigados na Operação Lava Jato e suas derivações. A notícia foi dada durante entrevista de Rabello a jornalistas da Rede Bandeirantes no programa Canal Livre.

Rabello também aproveitou para dizer que o BNDES precisa fazer um plano estratégico para daqui a 10 ou 20 anos se preparar para ser coadjuvante no desenvolvimento. "O desenvolvimento tem que se fazer através de mercado de capitais ativo, pujante, gente criando fundos pra investimento no setor privado e gente pegando fundos". (Flavia Alemi - flavia.alemi@estadao.com)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos