Bolsas

Câmbio

Após Paim, Vanessa Grazziotin lê relatório alternativo sobre reforma trabalhista

Fernando Nakagawa e Isabela Bonfim

Brasília

Após o senador Paulo Paim (PT-RS), agora é a vez da senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) apresentar no período da tarde desta terça-feira, 6, um voto em separado sobre a reforma trabalhista. O voto em separado funciona, na prática, como um parecer alternativo que pode ou não ser apreciado pelos demais senadores.

O líder do governo, Romero Jucá (PMDB-RR), disse que, mesmo com a estratégia da oposição de ler esses relatórios alternativos, a sessão da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado não terminará para o início da sessão do plenário.

"Não adianta a oposição tentar obstruir e ficar lendo manifestos até a hora de abrir o plenário, na esperança de que a sessão da CAE seja derrubada. Quero avisar que conversei com o presidente Eunício (Oliveira) e ele informou que não abrirá sessão no plenário até que seja votado aqui o relatório da reforma trabalhista", disse Jucá.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos