Bolsas

Câmbio

Reforma trabalhista

Jucá: antecipar tramitação da reforma trabalhista só geraria mais desentendimento

Fernando Nakagawa e Isabela Bonfim

Brasília

  • Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), nega que esteja trabalhando para acelerar a tramitação da reforma trabalhista. Segundo o parlamentar, o rito combinado originalmente com a oposição será cumprido. Para o senador, a mudança de ritmo na tramitação "só geraria mais desentendimento".

Assim, Jucá defende que o projeto que será votado nesta terça-feira (6) na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) passe em seguida para a Comissão de Assuntos Sociais (CAS). Depois, o texto vai ser avaliado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

"Nós combinamos duas comissões de mérito e a CCJ para a constitucionalidade. A ideia é que saia daqui e vá para a CAS", disse Jucá, ao comentar que o mérito está sendo avaliado pelo relator do projeto na CAE, Ricardo Ferraço (PSDB-ES), e a legalidade será avaliada em seguida pela CCJ.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos