Bolsas

Câmbio

EUA precisam ter infraestrutura mais rápida, segura e confiável, diz Trump

Gabriel Bueno da Costa

São Paulo

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, realizou discurso nesta quarta-feira em Cincinnati, Ohio, no qual defendeu o aumento nos gastos com infraestrutura no país. "Precisamos ter infraestrutura mais rápida, segura e confiável do mundo", defendeu Trump. Segundo ele, os EUA conseguirão gerar US$ 1 trilhão em investimentos em infraestrutura. O presidente não detalhou quanto desse montante viria do setor público e quanto do privado.

"Vamos acelerar o processo de revisão e aprovação de projetos de energia", exemplificou Trump, citando o oleoduto Dakota Access Pipeline, que recebeu o aval dele, mesmo diante da resistência por seu impacto no meio ambiente. Segundo o presidente, caso projetos não sejam ambientalmente viáveis, eles serão rechaçados, mas a resposta para isso sairá logo, para que as empresas possam se programar.

Trump também afirmou que lutará para impedir o dumping no aço e que "matem nossas companhias e nossos trabalhadores". Além disso, voltou a enfatizar que sua administração tem trabalhado para reduzir regulações "rapidamente" e que isso continuará a ocorrer.

O presidente defendeu melhoras na infraestrutura para o transporte fluvial, que segundo ele é crucial para as exportações americanas, por exemplo de grãos. Segundo Trump, faltam US$ 8,7 bilhões em investimento para o transporte fluvial e esse montante apenas aumentará com o tempo, se nada for feito. "Gastamos US$ 6 trilhões no exterior e não temos dinheiro para obras em nosso país. Isso vai mudar", discursou ele, prometendo também "restaurar a força industrial" americana.

Trump disse que, para conseguir avançar na agenda econômica, é crucial acabar com a reforma no sistema de saúde realizada no governo do ex-presidente Barack Obama, o chamado Obamacare. Segundo ele, o Obamacare foi "uma das maiores promessas fracassadas na história da política". O presidente disse que os republicanos da Câmara dos Representantes fizeram um trabalho árduo para aprovar uma reforma no setor e que isso agora ocorre no Senado. Trump criticou a oposição democrata, dizendo que ela apenas obstrui todo projeto no Legislativo, independentemente de seus méritos.

O presidente americano comentou sua recente viagem à Arábia Saudita. Segundo ele, o rei saudita, Salman, tem feito um bom trabalho e prepara "algo" para interromper o financiamento ao terrorismo. Nesta semana, a Arábia Saudita e outros países do Golfo Pérsico cortaram relações diplomáticas com o Catar, alegando que este país financiava terroristas.

Sobre suas viagens internacionais, Trump disse também que "deixou claro" aos outros líderes que espera um cenário de disputa justa no comércio. Além disso, o presidente repetiu slogans de campanha, enquanto era saudado com aplausos da plateia em Ohio. "É hora de colocar a América em primeiro lugar, e é o que tenho feito, se vocês não perceberam", disse.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos