BC da Argentina decide manter taxa básica de juros em 26,25%

Gabriel Bueno da Costa

São Paulo

O Banco Central da Argentina decidiu nesta terça-feira manter a taxa básica de juros em 26,25%. Em seu comunicado, a instituição reafirmou sua intenção de consolidar um processo de desaceleração inflacionária no país.

A meta de inflação em 2017 é de entre 12% e 17%, enquanto a do próximo ano é de entre 8% e 12%. A inflação ao consumidor de maio da Grande Buenos Aires, divulgada na semana passada, porém, mostrou variação de 24,0% na comparação anual.

O BC argentino sustenta que continua a haver desaceleração inflacionária, apontado para dados de inflação no varejo de maio na comparação com abril. Além disso, houve uma redução na expectativa inflacionária para os próximos 12 meses, segundo levantamento mencionado pela instituição em sua nota.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos