Bolsas

Câmbio

Marfrig: EUA representam cerca de 2% do valor exportado por divisão Beef Brasil

Beth Moreira

São Paulo

A Marfrig Global Foods informou que, em 2017, os Estados Unidos representaram cerca de 2% do volume exportado por sua divisão Beef Brasil, o que equivale a cerca de 1% da receita líquida total da divisão.

Em comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a empresa explica que o mercado norte-americano foi aberto para as importações brasileiras de carne in natura em agosto de 2016 e vem passando por ajustes naturais.

Marfrig esclarece que essa suspensão não tem relação com um problema sanitário, e está confiante de que o governo brasileiro tomará todas as providências necessárias para a rápida e integral retomada das exportações da carne brasileira in natura para o mercado dos EUA.

"A suspensão decretada pelo governo norte-americano não interfere nos demais mercados onde a companhia atua, que continua a exportar seus produtos para mais de 100 países e a abastecer normalmente a demanda doméstica brasileira", afirma. A Marfrig, destaca ainda, que continua atendendo o mercado dos EUA pela suas unidades do Uruguai.

O secretário de Agricultura dos Estados Unidos, Sonny Perdue, anunciou na quinta, 22, a suspensão de todas as importações de carne bovina in natura do Brasil, por causa de "preocupações recorrentes" com a segurança do produto destinado ao mercado americano.

A medida continuará em vigor até que o Ministério da Agricultura do Brasil adote ações "corretivas" para atender as exigências do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos