Bolsas

Câmbio

Reforma da Previdência

Maia: reforma da Previdência pode ser votada só em agosto

Daniel Weterman, André Ítalo Rocha e Pedro Veceslau

São Paulo

  • Suamy Beydoun/Estadão Conteúdo

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) afirmou nesta segunda-feira (26) que a reforma da Previdência pode ser votada no plenário da Câmara apenas em agosto.

Como o Broadcast Político, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, publicou na semana passada, o governo já admite mais atrasos na votação da proposta com a perspectiva de o presidente Michel Temer (PMDB) ser denunciado pelo Ministério Público.

"Pode ser só em agosto, vamos aguardar", disse Rodrigo Maia após um debate sobre reforma política na sede da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo).

Ele afirmou que, para a reforma voltar à tramitação na Casa, o Congresso precisa superar a crise e analisar a eventual denúncia contra Temer.

"Vamos passar essa crise para que a gente volte a discutir a reforma da Previdência com condições de aprovar um texto que garanta a solvência do sistema", disse Maia.

O presidente da Câmara disse ainda "torcer" para que o Senado aprove a reforma trabalhista na próxima semana.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos