Bolsas

Câmbio

Porto de Antonina obtém do Ibama licença de operação para área pública

Clarice Couto

São Paulo

O Porto de Antonina (PR) recebeu do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) a licença de operação para a área pública do terminal, segundo nota divulgada pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa). Até então, o porto não tinha licença para operar na área pública, o que impedia operações no local, de acordo com informações da assessoria de imprensa da Appa.

O documento emitido pelo Ibama certifica a segurança estrutural e ambiental do porto e permite a implantação de novos empreendimentos. De acordo com o comunicado, a emissão da licença faz parte de um processo de readequação e regularização ambiental pelo qual os portos do Paraná vêm passando nos últimos anos. O Porto de Paranaguá conseguiu a licença do Ibama em 2013. O documento vale por quatro anos e exige como contrapartida uma série de condicionantes para ser mantido.

Segundo a Appa, os portos do Paraná já têm em andamento mais de 40 programas ambientais, dentre os quais iniciativas de educação ambiental, gerenciamento de resíduos sólidos, monitoramento da qualidade da água, da fumaça emitida pelos caminhões e seus ruídos e controle da biota aquática.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos