Cobre tem leve alta com dólar mais fraco

São Paulo

Os preços futuros do cobre exibem alta leve nesta terça-feira, beneficiados pelo enfraquecimento da moeda norte-americana após comentários do presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi.

Por volta das 7h (de Brasília), o contrato para três meses subiam 0,6%, a US$ 1.251,90 a onça-troy, na London Metal Exchange (LME). Na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o cobre para julho subia 0,27%, a US$ 2,6325 a libra-peso, às 9h24.

Os demais metais básicos também tinham tendência de alta na LME. O zinco subia 1,27%, a US$ 2.745 a tonelada; o alumínio estava estável a US$ 1.865 a tonelada; o chumbo tinha ganho de 0,87%, a US$ 2.269 a tonelada; o estanho exibia alta de 0,14%, a US$ 19.325 a tonelada métrica; e o níquel avançava 0,94%, a US$ 9.110 a tonelada métrica.

A depreciação do dólar ajudou os metais hoje, disse Daniel Briesemann, analista do Commerzbank. O movimento acontece após o euro ser impulsionado por um discurso do presidente do BCE, Mario Draghi. Em um conferência, o dirigente monetário afirmou que a inflação no bloco comum não deve se desviar da tendência a médio prazo e que o crescimento da região está acima da tendência, o que pode se traduzir em uma retira dos estímulos caso esse quadro se mostre firme. Fonte: Dow Jones Newswires.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos