Taxa de desemprego na zona do euro fica no menor nível desde março de 2009

Mateus Fagundes

São Paulo

A taxa de desemprego nos 19 países que compõem a zona do euro ficou estável em 9,3% em maio, informou há pouco o Eurostat, Gabinete de Estatísticas da União Europeia. Este foi o mesmo nível de abril e representa o menor patamar desde março de 2009.

Quando se compara os indicadores dos 28 Estados-membros da União Europeia, a taxa de desemprego atingiu 7,8% em maio, mesmo nível de abril. O patamar é o menor para a região desde dezembro de 2008.

Em maio, as menores taxas de desemprego foram registradas na República Tcheca (3,0%), Alemanha (3,9%) e Malta (4,1%). Na contramão, os maiores índices foram observados na Grécia (22,5% em março) e Espanha (17,7%).

Entre os jovens abaixo de 25 anos, a taxa de desemprego atingiu em maio 16,9% entre os 28 países-membros da UE e 18,9% dentro da zona do euro. Neste extrato da população, o menor índice foi registrado na Alemanha (6,7%), enquanto os maiores foram na Grécia (46,6% em março), Espanha (38,6%) e Itália (37,0%).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos