Bolsas

Câmbio

BoE cita preocupações com consumo, mercado de crédito e incertezas com Brexit

Gabriela Korman, com informações da Dow Jones Newswires

São Paulo

O Comitê de Política Financeira do Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês), divulgou a ata de sua reunião extraordinária sobre estabilidade financeira, citando preocupações com o consumo, o mercado de crédito e as incertezas em relação à saída do Reino Unido da União Europeia (UE), o Brexit.

Nas questões domésticas, o crédito cresceu em linha com o Produto Interno Bruto (PIB) nominal nos últimos dois aos. Os empréstimos bancários para famílias e companhias privadas cresceu de forma cumulativa em 7,3% em dois anos, no primeiro trimestre e 2017.

Nas questões externas, a perspectiva de curto prazo de crescimento se fortaleceu e se ampliou e alguns riscos globais não se materializaram. O ambiente global pode influenciar riscos de exposição para o Reino Unido de forma indireta, através de efeitos potenciais no crescimento econômico do país, segundo o documento.

Na última reunião, em 15 de junho, o BoE decidiu manter sua política monetária. Alguns dirigentes da instituição, porém, votaram por uma alta nos juros.

O BoE manteve a taxa básica de juros em 0,25%, na mínima histórica, bem como o volume de compras de bônus soberanos em 435 bilhões de libras.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos