PBoC abre mercado de bônus chinês para agências de rating estrangeiras

Xangai

O Banco Central Europeu (BCE) vai permitir que agências de classificação de risco tenham acesso ao mercado doméstico de títulos do país, que soma US$ 9 trilhões.

Em comunicado divulgado no final da noite de ontem, a autoridade monetária afirmou que vai permitir que as agências de rating possam atuar sobre o mercado de bônus interbancário caso eles se registrem no país e cumpram determinados pré-requisitos. Empresas que foram alvo de investigações nos últimos três anos serão impedidas de participarem, diz o documento.

Antes do anúncio, as agências eram permitidas a avaliar apenas operações offshore de dívida de companhias chinesas. O acesso ao mercado doméstico era feito através de joint ventures com empresas locais.

As mudanças são parte dos esforços chineses para promover um "desenvolvimento saudável" da indústria de rating, afirmou o comunicado.

"Para atrair mais investidores estrangeiros para o mercado de bônus, é necessário que as agências internacionais tenham presença e ajudem esse processo", afirmou Jacky Zhang, analista do BOC International, em Shanghai. Fonte: Dow Jones Newswires.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos