Topo

Senado aprova regime de urgência para reforma trabalhista por 46 votos a 19

Julia Lindner e Thiago Faria

Brasília

04/07/2017 18h37

Por 46 votos a 19, os senadores aprovaram na noite desta terça-feira, 4, a urgência para a tramitação da reforma trabalhista. Após o resultado, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), informou que há um acordo entre líderes partidários para que a votação ocorra na próxima terça-feira, 11. A discussão do texto no plenário iniciará amanhã.

Auxiliares do presidente Michel Temer consideram que a aprovação do regime de urgência representa uma demonstração de força política do governo. O placar de hoje nesta votação também serve como um termômetro de quantos votos o Planalto tem para garantir a aprovação da matéria na semana que vem, que precisa do apoio de pelo menos 41 parlamentares.

Mais Economia