ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

PDG tem lucro líquido de R$ 1,28 bilhões no 4º trimestre de 2017

Fátima Laranjeira

São Paulo

30/03/2018 08h46

A PDG Realty, incorporadora que está em recuperação judicial, registrou lucro líquido de R$ 1,281 bilhão no quarto trimestre de 2017, revertendo o prejuízo de R$ 2,439 bilhões em igual período do ano anterior. No acumulado de 2017, o lucro somou R$ 173,22 milhões, frente a prejuízo de R$ 5,307 bilhões em 2016.

A receita líquida da companhia foi de R$ 166,815 milhões entre outubro e dezembro, ante R$ 71,864 milhões em igual etapa do ano anterior. E, em 2017, cresceu 85% para R$ 458,253 milhões.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortizações) ficou negativo em R$ 1,162 bilhão, frente ao Ebitda também negativo de R$ 2,251 bilhões no quarto trimestre de 2016, queda de 48%. No ano passado, a empresa teve Ebitda negativo de R$ 1,717 bilhão, 61% menor na comparação com o valor de R$ 4,422 bilhões negativos de 2016. A margem Ebitda não foi divulgada em nenhum dos períodos (trimestre ou anual).

No quarto trimestre o resultado financeiro foi positivo em R$ 3,437 bilhões, ante R$ 261,956 milhões negativos anotados nos últimos três meses do ano anterior. Em 2017, houve receita financeira líquida de R$ 2,727 bilhões, frente à despesa financeira de R$ 810,991 milhões de 2016.

Segundo a empresa informou no relatório do balanço, o resultado financeiro no quarto trimestre reflete a aprovação do Plano de Recuperação Judicial, e a consequente reestruturação das dívidas. Isso provocou reversão de multas e juros acumulados no valor de R$ 818,5 milhões na linha de "Juros de empréstimos" e ajuste a valor justo nas dívidas sujeitas ao Plano no valor de R$ 2,9 bilhões, na linha de "Outras Receitas Financeiras", o que resultou em ganho financeiro.

Mais Economia