Bolsas

Câmbio

Espero que um novo Brasil surja em 2019, diz Rabello em fórum

Daniel Weterman e Francisco Carlos de Assis

São Paulo

Despedindo-se da presidência do BNDES, o pré-candidato à Presidência da República pelo PSC, Paulo Rabello de Castro, afirmou que espera que surja "um novo Brasil" a partir de 2019, após as eleições presidenciais. Ele participa do Fórum Econômico Brasil-Países Árabes, na capital paulista.

"Eu espero que um novo Brasil surja no ano de 2019 e eu espero que daqui a dois anos ninguém precise dizer 'sinto muito' quando perguntado sobre a situação do País por um investidor", disse Rabello, que será substituído no cargo pelo atual ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira.

Ele disse ainda que, em 2019, quando o próximo governo eleito assume, o Brasil deve ter um "renascimento industrial". "Espero que em dois anos a resposta seja: 'temos um país muito fácil de se negociar'." Além de Rabello, o presidente Michel Temer, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles,e Dyogo Oliveira também são aguardados para o evento.

Crescimento

Em sua fala, Rabello disse ainda que o Brasil não alcançou taxas de crescimento superiores a 2,5% nos últimos anos por problemas fiscais. Ele afirmou que é possível superar um crescimento de 4% nos próximos anos. "Para isso, precisa voltar de certa forma a fórmula que o País usou de modo bem-sucedido no passado, ter sentido de propósito como nação, que perdemos, ter planejamento e prestação de contas por parte dos governos."

O presidenciável disse que é preciso realizar "um grande debate político sobre o futuro do Brasil" neste ano. "Quando o Brasil se ajudar mais, ele também ajudará muito mais o resto do mundo", declarou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos