Bolsas

Câmbio

BC do Japão considerará revelar estratégia de saída no momento certo, diz Kuroda

Tóquio

O presidente do Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês), Haruhiko Kuroda, disse nesta terça-feira que a instituição considerará comunicar aos mercados sobre sua estratégia de saída da atual política monetária acomodatícia quando chegar o momento certo, mas não agora.

"Iremos considerar explicar sobre uma saída no momento apropriado, levando em conta possíveis impactos nos mercados", declarou Kuroda a uma comissão parlamentar.

Segundo Kuroda, porém, o banco central japonês ainda não chegou a um ponto em que possa dar detalhes de quando e como irá retirar gradualmente seu agressivo programa de estímulos monetários.

Kuroda disse ainda que falar prematuramente sobre uma saída de estratégia confundiria os mercados porque sua eventual implementação pode variar, dependendo das condições econômicas e de preços.

Kuroda citou o Federal Reserve (Fed, o BC dos EUA) como exemplo. Em maio de 2013, o Fed anunciou que iria retirar seu programa de compras de títulos de forma gradual, provocando uma forte queda nos preços dos ativos e moedas mundiais.

Em reação aos comentários de Kuroda, o dólar chegou a cair a 105,76 ienes, ante 105,94 ienes no fim da tarde de ontem. Às 4h52 (de Brasília), porém, a moeda americana já havia se recuperado e subia a 106,03 ienes. Fonte: Dow Jones Newswires.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos