ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Ilan diz esperar autonomia do BC e depósito voluntário aprovados em 2018

Francisco Carlos de Assis

São Paulo

03/04/2018 13h07

O presidente do Banco Central (BC), Ilan Goldfajn, disse nesta terça-feira, 3, que alimenta a expectativa de que a autonomia da autarquia e o depósito voluntário sejam aprovados ainda neste ano. Ele fez esta colocação ao ser questionado sobre quais das medidas listadas na Agenda BC+ poderão ser viabilizadas já em 2018.

"Eu tenho a expectativa de que saiam as duas este ano. Vamos trabalhar para isso", disse o banqueiro central durante evento do Bradesco BBI, em São Paulo.

Ele ponderou, no entanto, que essa é uma agenda do Congresso. "Essa é uma agenda do Congresso, que vota estes projetos, e o governo tem suas prioridades e essas duas fazem parte. Então estou com a expectativa de que as duas passam", disse.

O presidente do BC também diz estar esperando que o Cadastro Positivo seja aprovado entre esta terça-feira e a quarta-feira. Sobre a redução do compulsório, Ilan disse que a queda recente de quase 20 pontos porcentuais faz parte da correção de uma distorção que tem no Brasil.

"A redução do compulsório foi isso corrigir uma distorção. Não é um objetivo de política monetária", disse Ilan, acrescentando que já que se trata de uma distorção a ser corrigida, nada melhor que fazer isso num momento em que há espaço de agenda e compromisso para isso. De acordo com ele, o BC vai continuar trabalhando para normalizar a distorção do compulsório.

O presidente do BC afirmou que a Agenda BC+ tem feito grandes avanços sobre problemas de décadas como o próprio compulsório, por exemplo, e citou a substituição da TJLP pela TLP como um dos avanços da agenda.

Para encerrar, ele disse que as três noticias que considera boas são a queda da inflação, do juro e a recuperação da economia.

Mais Economia